quinta-feira, 3 de novembro de 2011

O incentivo a leitura na educação de Porto União

Desde 20 de abril de 2005, foi instituída a “Semana da Leitura” por meio da Lei Municipal nº 3.049, no período de 22 a 29 de outubro, com objetivo de incentivar os alunos a criar o hábito da leitura.
As escolas de Ensino Fundamental realizam atividades como palestras, redações e cartazes alusivos ao tema e participam de um concurso promovido pela Secretaria Municipal de Educação.

Na tarde de sexta-feira, 28, o Núcleo Educacional João Fernando Sobral de Porto União, encerrou a semana de incentivo a leitura na biblioteca da escola, Dilce Zanetti, e foi aplicado pela professora Fabíola Ernani da Silva, com a coordenação da professora pedagoga, Eloísa Bradoski Vojciechovski.

Os alunos interagiram com a professora Fabíola, que durante toda a semana leu a eles contos do autor, Monteiro Lobato. Ela caracterizou-se dos personagens do autor e também confeccionou com os alunos fantoches das histórias assim, além de espectadores, os alunos transformaram-se em pequenos personagens do livro. Além de incentivar os pequenos, os alunos de 5ª a 8ª série participam com as produções de texto a partir do título do livro que é escolhido pelos próprios alunos.
            Todas as escolas públicas municipais realizaram atividades diversas, inclusive os Núcleos de Educação Infantil, os quais realizam atividades de leitura durante o ano todo.
Com o avanço desse trabalho ao longo dos anos e sendo o incentivo a leitura uma das ações do Plano de Ações Articuladas (PAR) com a professora pedagoga Maria Estela Flenik responsável pela ação, o município pretende implantar um “Programa de Incentivo a Leitura”, o qual irá abranger todos os níveis e modalidades (educação infantil, ensino fundamental e educação de jovens e adultos) com ações durante todo o ano letivo e recursos específicos para esse Programa. Demonstrando assim, a preocupação com formação de leitores críticos e enfatizando a necessidade do letramento para a conquista da autonomia.