quinta-feira, 25 de abril de 2013

DIA DA CONAE NA ESCOLA







Todas as escolas do Brasil paralisaram quarta-feira, dia 24, para se integrar a 2ª Conferência Nacional de Educação/ CONAE.

Em Porto União cada Núcleo Educacional se reuniu para discutir os eixos do Plano Nacional da Educação (PNE) e colocar no papel as prioridades, relacionando-as com sua realidade.

A 1ª Conferência ocorreu em 2010 e possuía caráter deliberativo, apresentando um conjunto de propostas que foram transcritas no novo Plano Nacional de Educação (PNE)no contexto da construção do Sistema Nacional de Educação, abrangendo especialmente a participação popular, a cooperação federativa e o regime de colaboração. O PNE foi aprovado pela Câmara dos Deputados e atualmente está no Senado Federal em análise, aguardando a aprovação final. Um dos objetivos da CONAE 2014, é o de divulgar o PNE e mobilizar para a aprovação do PNE, que será um Plano de Estado para a Educação Nacional para os próximos 10 anos.

A principal reivindicação dos professores é a ampliação dos investimentos na educação. Atualmente são investidos 5% do PIB pelo Governo Federal. “Existe a proposta da CONAE que seriam investidos 10% do PIB. O Projeto está no Senado e houve a modificação para 5,5%, mas queremos os 10%. Não tem como pensar em melhorar a educação, se não aumentar os investimentos”, enfatizam os professores.

Cada escola escolheu a forma de estudar o PNE. No Núcleo de Educação Infantil (NEI) Criança Feliz, a Diretora Silmara Fátima Amarante Bueno dividiu os professores em dois grupos. Cada grupo estudou uma parte dos eixos, em seguida houve uma apresentação de cada grupo e discussão dos temas. “Assim todos tem o conhecimento dos temas e conseguem debater”, explicou.

Maria Estela Flenick Santos, outra integrante da equipe organizadora, destacou que o PNE não foi um plano feito no gabinete, mas um plano elaborado pelos professores do país. Sendo assim a verdadeira necessidade da educação é enfatizada. “O Plano retrata a necessidade real dos educadores. Por isso é importante este dia para os professores estudarem os eixos da CONAE para que possam reivindicar o que é mais importante neste momento”, finalizou.

O conteúdo do documento deverá nortear as discussões que serão promovidas em conferências livres, municipais ou intermunicipais e estaduais, atividades estas que cumprem etapas preparatórias da CONAE/2014. No dia 15 de maio acontece o encontro Intermunicipal em Canoinhas e em Setembro a etapa Estadual, em Florianópolis, culminando na 2ª Conferência Nacional no mês de abril de 2014, em Brasília.

A importância desse momento de estudo se dá na capacitação para o debate e o acompanhamento das ações, que continuarão via Fórum Interativo na REDE SOCIAL DA CONAE 2014!